Jaru: Vídeo flagra ‘maníaco dos carros’ mantendo relação sexual com veículo em via pública

A consumação sempre ocorre quando o elemento se aproxima “da vítima” escolhida, e introduz o seu órgão sexual na saída do escapamento do veículo.

Muitos já ouviram falar de um homem que anda pelas ruas da cidade de Jaru, mantendo o que podemos classificar como relação sexual com automóveis, pois bem este elemento foi flagrado e filmado por populares cometendo o referido ato em plena luz do dia em via pública. Saiba mais

Ji-Paraná – Motociclista morre ao bater em poste de iluminação pública

Para não atropelar uma criança que estava atravesssado na faixa de pedestre …

O acidente que vitimou o agricultor Arthtino Kill, de 53 anos de idade, e deixou  sua irmã, identificada apenas por Idalina, gravemente ferida,  ocorreu no final da manhã de hoje (20), por volta das 11h00, no cruzamento da Avenida Maringá com a Rua T-15, no bairro Nova Brasília. Saiba mais

Grito da Terra será debatido nesta quarta-feira em audiência pública na Assembleia

Jesualdo Pires falou que a mobilização da categoria é apoiada pelos seus 40 sindicatos filiados, já que possui caráter reivindicatório e propositivo, com o objetivo do fortalecimento da agricultura familiar

Grito da Terra será debatido nesta quarta-feira em audiência pública na Assembleia

Por iniciativa do deputado Jesualdo Pires (PSB), a Assembléia Legislativa de Rondônia realiza nesta quarta-feira (6), a partir das 15 horas, audiência pública com a finalidade de debater o Grito da Terra Estadual – GTE/2012.
Conforme esclareceu o parlamentar, “a Federação dos Trabalhadores na Agricultura de Rondônia (Fetagro) está promovendo o Grito da Terra Estadual, principal evento do movimento sindical do campo, onde reúne milhares de trabalhadores rurais do Estado em Porto Velho”. Saiba mais

TJRO publica edital para inscrição de advogados para compor TRE-RO

As inscrições ficam abertas por 30 dias a partir de hoje (28). O Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia selecionará, dentre os habilitados, seis nomes

http://www.rondoniaovivo.com.br/imagensEventos/12082010110958/tjro.JPG

Foi publicado no Diário da Justiça desta quarta-feira, 28, o edital de inscrição de advogados ao processo seletivo de formação de listas tríplices às vagas de membros suplentes do Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia, nos termos do art. 120, § 1º, inc. III, c/c art. 121, § 2º, ambos da Constituição Federal. Saiba mais

Tomaz Correia desbanca discurso de Cassol em audiência Pública

Mas o discurso de Cassol ficou enfraquecido depois que Tomaz Correia assumiu a tribuna e apresentou documentos, lembrando ao ex-governador, que ele também, enquanto chefe do executivo pediu dinheiro emprestado para a União

O ex-prefeito de Porto Velho, na década de 80, Tomaz Correia (PMDB) desbancou o discurso inflamado do senador Ivo Cassol (PP/RO), que se posicionou contra o empréstimo que o governo do Estado pretende fazer junto ao BNDES, com aprovação da Assembleia Legislativa. O projeto poderá ser analisado ainda nesta quarta (15), em Sessão Solene na Assembleia Legislativa do Estado. Saiba mais

Educação: método de ensino fora do convencional tem resgatado o interesse dos jovens de escola pública

O trabalho realizado pelo “grande mestre” como é chamado pelo Governador de Rondônia


Uma inovadora metodologia de ensino é aplicada na Escola Estadual Marcelo Cândia, escola da zona leste de Porto Velho. O Orientador Educacional Francisco Lima, através do seu trabalho com os adolescentes da escola, vem resgatando a auto-estima e autoconfiança dos jovens carentes, através de um novo formato de educar. Saiba mais

PF prepara rede de delegacias para combater desvio de verba pública

A intenção é que esses policiais recebam qualificação específica para investigar esse tipo de corrupção.
http://www.rondoniavip.com.br/arquivo/cache/2012/01/04/imagem/pf-prepara-rede-de-delegacias-para-combater-desvio-de-verba-publica542x304_7024aicitonp16ilhljke1f9n1rei1so71cmi1u6t1.jpg
A Polícia Federal prepara uma rede de delegacias especializadas no combate ao desvio de recursos públicos. De acordo com a PF, a previsão é de que sejam criadas 17 delegacias do gênero, mas ainda não há definição sobre quais estados receberão as unidades nem sobre quando a nova estrutura começará a operar. Saiba mais

250 homens da Força Nacional vão garantir segurança pública em Rondônia

O Ministério da Justiça autorizou o deslocamento de cerca de 250 homens da Força Nacional para garantir a segurança pública no Estado de Rondônia, segundo anunciou ontem(06), o senador Valdir Raupp

O Ministério da Justiça autorizou o deslocamento de cerca de 250 homens da Força Nacional para garantir a segurança pública no Estado de Rondônia, segundo anunciou ontem(06), o senador Valdir Raupp após encontro com o ministro da Justiça, Eduardo Cardozo. Saiba mais

Nova BR-364- DNIT realiza hoje audiência pública para apresentação de projetos

Além da nova pavimentação, sinalização, inclusão de terceiras faixas e acostamento, o projeto também vai beneficiar municípios fora do eixo da BR, pois a maioria receberá trevos de acesso que irão garantir mais segurança e trafegabilidade aos moradores dessas regiões.

Será realizada hoje, a partir de 9 da manhã, no auditório do DNIT, a audiência pública para apresentação dos projetos dos quatro lotes em que foram divididas as obras de revitalização da BR-364, um investimento da ordem de R$ 530 milhões, com recursos do Governo Federal dentro do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC. As obras, tecnicamente definidas como de restauração da rodovia, significam na verdade a construção de uma nova BR-364 em Rondônia, já que está prevista a substituição de toda a camada asfáltica, com a construção de terceira pista, duplicação e implantação de vias marginais nos municípios situados às suas margens. Saiba mais

Governo publica pacote com novas regras para licenciamento ambiental

Medidas alteram apresentação de estudos para obter autorização de obras. Normas do Meio Ambiente atingem estradas, portos, elétricas e petroleiras.

http://duquedecaxias.net.br/images/stories/duquedecaxias/meioambiente/licenciamento_ambiental.jpgO governo lançou nesta sexta-feira (28) um pacote de medidas alterando o licenciamento ambiental, exigência legal para obras de infraestrutura no país. As novas regras foram publicadas no Diário Oficial da União e, entre outros aspectos, regulam a apresentação de estudos de impacto dos empreendimentos. Saiba mais

Quatro cidades catarinenses decretam calamidade pública por causa da chuva | Agencia Brasil

Quatro municípios catarinenses – Brusque, Taió, Lontras e Rio do Sul – decretaram estado de calamidade pública por causa das inundações e dos deslizamentos de terra que ocorrem desde a madrugada de ontem (8)

http://col.stb00.s-msn.com/i/B0/55A02AC4843EDEB62F9ADFB7DF318.jpgEm Rio do Sul, na região do Alto Vale do Itajaí, o nível do Rio Itajaí-Açu está em 9,46 metros e a expectativa da Defesa Civil é que chegue a 11 metros, causando problemas em vários bairros.

Segundo o último boletim da Defesa Civil do estado, chega a 615.041 o número de pessoas afetadas pelas chuvas em 65 municípios. Há 14 cidades em situação de emergência. Saiba mais

Administração pública municipal de Jaru adota horário corrido

O decreto somente não se aplica aos Setores da Saúde, Secretaria Municipal de Educação, Departamento de arrecadação e tributos, Agencia de cadastro e topografia.

http://www.clarin.com.br/site/wp-content/uploads/2011/05/foto1-300x225.jpgO prefeito Jean Carlos assinou nesta terça feira (23) o decreto de n° 6.958 que estabelece horário corrido na administração pública municipal. Estando agora em vigor o horário de expediente nos setores administrativos da prefeitura municipal, de segunda a sexta feira das 7: 30 as 13:30 horas.

O decreto somente não se aplica aos Setores da Saúde, Secretaria Municipal de Educação, Departamento de arrecadação e tributos, Agencia de cadastro e topografia e protocolo da Secretaria municipal de administração, onde estes órgãos deverão permanecer com seus horários de atendimentos até as 18 horas.

O executivo informa que a adoção deste novo horário objetiva uma redução de gastos com energia elétrica, telefone, água e combustível, além de possibilitar ao servidor mais tempo para desempenho de suas atividades pessoais.

AUDIÊNCIA PÚBLICA DEBATERÁ HOJE REFORMA POLÍTICA E ELEITORAL

O presidente da Assembleia, deputado Valter Araújo (PTB) disse que o debate é importante. Ele afirmou que a sociedade deve participar dessa discussão para entender o que está sendo decidido no Congresso.

http://www.rondonoticias.com.br/arquivos_site/image/Valter%20Araujo%20deputado.jpgA reforma política e eleitoral será debatida às 14h30 desta quinta-feira (18) em audiência pública que será realizada na Assembleia Legislativa. A propositura é da deputada Epifânia Barbosa (PT), para abordar o tema que está sendo discutido no Congresso Nacional.

O presidente da Assembleia, deputado Valter Araújo (PTB) disse que o debate é importante. Ele afirmou que a sociedade deve participar dessa discussão para entender o que está sendo decidido no Congresso. Está confirmada a participação, na audiência pública, do deputado federal Rubens Otoni (PT), um dos relatores do projeto sobre reforma política na Comissão Especial da Câmara.

Deputados estaduais e federais de Rondônia devem participar da audiência. Será abordaos temas como o voto proporcional, o voto distrital, a lista fechada, a cláusula de barreira e o fim das coligações proporcionais.

Fonte: DECOM ALE

MP move ação por improbidade e denuncia ex-prefeita de Cacoal por crime contra finança pública

Para as integrantes do Ministério Público, a operação provocou não só prejuízo ao erário


O Ministério Público de Rondônia, por meio da Promotoria de Justiça de Cacoal, ajuizou ação de improbidade administrativa contra a ex-prefeita daquele Município, Sueli Aragão, e o ex-diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE), Antônio Pedro de Oliveira, pela transferência de R$ 1 milhão e 200 mil da conta da autarquia municipal para a Prefeitura. Na esfera penal, o MP denunciou os réus pelo crime de ordenar despesa não autorizada por lei, conforme artigo 359-D do Código Penal.
Em 18 de novembro de 2008, a então Prefeita de Cacoal determinou a Antônio Pedro de Oliveira que autorizasse a liberação da quantia da conta do SAAE para que a Administração Municipal pagasse o 13º salário aos servidores públicos municipais. O ex-dirigente atendeu a ordem e a transação bancária foi realizada no dia seguinte. Questionados pelo Ministério Público sobre a operação, Sueli Aragão e Antônio Pedro de Oliveira alegaram genericamente terem respaldo legal para a realização da transferência e informaram que em 2009 teria sido celebrado termo de ajustamento de conduta para a devolução da quantia emprestada.

De acordo com as Promotoras de Justiça Lisandra Vanneska Monteiro e Conceição Forte Baena, responsáveis pelo caso, a transferência de recursos de autarquia municipal se deu sem autorização legal específica ou previsão legal, o que viola a Lei de Responsabilidade Fiscal e a Lei Federal nº 4320/64, configurando  ato de improbidade administrativa.

Para as integrantes do Ministério Público, a operação provocou não só prejuízo ao erário, já que o dinheiro público do SAAE foi usufruído indevidamente pela Prefeitura, como também ofensa ao princípio da legalidade e da eficiência, uma vez que a autarquia deixou de aplicar o dinheiro em favor dos usuários que tanto sofreram com o abusivo racionamento de água e esgoto ocorrido no ano de 2009.
Na Ação de Improbidade, as Promotoras de Justiça requerem a condenação da ex-prefeita e do ex-diretor do SAAE por ato de improbidade administrativa, de acordo com a Lei 8.429/92, sendo aplicadas as sanções de ressarcimento integral do dano, perda da função pública e suspensão dos direitos políticos, entre outras. Na esfera penal, as integrantes do Ministério Público requerem que seja instaurada ação penal para julgamento e condenação da ex-prefeita e do ex-diretor do SAAE.

Fonte: Rondoniadinamica

Mesmo com PPP, verba pública banca estádios da Copa

O dinheiro público está bancando mais de 60% das obras de estádios da Copa-2014 erguidos com as PPPs (parcerias público-privadas), informa reportagem de Fernanda Odilla, publicada na edição desta segunda-feira da Folha (íntegra disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

O grupo do Ministério Público Federal que acompanha a preparação do evento diz que isso desvirtua o modelo, no qual o setor privado financia e executa determinada obra ou serviço em troca do direito de concessão.

No caso mais grave, o setor público se comprometeu com 80% do orçamento da reconstrução do estádio da Fonte Nova, em Salvador. Os procuradores têm recomendado ajustes nos contratos para minimizar riscos às sedes do Mundial.

Mesmo tendo optado pela PPP, os governos de Bahia, Ceará e Pernambuco receberam um financiamento total de R$ 1 bilhão do BNDES para erguer arenas que vão custar, juntas, R$ 1,76 bilhão. Nos três casos, a verba pública ultrapassa 60% do orçamento dos estádios.

O banco de fomento da União ainda analisa pedidos para as arenas de Minas Gerais e do Rio Grande do Norte. Bahia e Ceará contraíram empréstimos para repassar o dinheiro às parceiras privadas. Pernambuco vai usar a maior parte da verba para ressarcir o que foi investido.

OUTRO LADO

Responsáveis pela Copa-2014 na Bahia, no Ceará e em Pernambuco dizem cumprir a legislação com rigor.

Os governos informam que o modelo de parceria (público-privada) foi aprovado pelo BNDES, que criou um financiamento específico para o Mundial no Brasil.

Site paraense publica matéria denunciando ex – deputado Tiziu de ter recebido um milhão de reais de grupo chinês para amenizar relatório

O ex-deputado estadual de Rondônia Tiziu Jidalias, que presidiu a Comissão Parlamentar de Inquérito…

O ex-deputado estadual de Rondônia Tiziu Jidalias, que presidiu a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) criada para investigar irregularidades na construção das usinas hidrelétrica do Rio Madeira, recebeu no ano passado um milhão de reais do grupo chinês Susfor, que detém contratos com as usinas de Santo Antonio e Jirau. O dinheiro foi repassado em plena campanha eleitoral para o próprio Tiziu, que era candidato a vice-governador do Estado na chapa de João Cahula, candidato derrotado ao governo de Rondônia.

Esta é mais uma revelação de um esquema de corrupção e fraudes envolvendo o grupo chinês Sustainable Forest Holdings Limited (Susfor), sob suspeita de ter aplicado um mega golpe na Bolsa de Valores de Hong Kong usando informações falsas sobre contratos com as usinas do Rio Madeira no Brasil. Documentos obtidos com exclusividade pela reportagem do portal EcoAmazônia revelam que o esquema pode ser muito maior e comprovam o envolvimento com políticos graúdos do Estado de Rondônia.

Tiziu Jidalias era deputado estadual e comandava as investigações contra as usinas do Madeira. Depois de sucessivos discursos inflamados prometendo desvendar graves irregularidades na construção das usinas, o deputado aprovou um relatório final da CPI que não apontava nenhuma grande irregularidade. Hoje se sabe que o silêncio pode ter tido um preço: um milhão de reais, dinheiro vindo da China diretamente para as mãos do deputado Tiziu.

Saiba mais

Casal gay pede que juiz reconsidere a sua união estável

A defesa do casal homossexual que teve a união civil cancelada por um juiz de Goiânia vai pedir hoje para que o magistrado reconsidere a decisão. Jeronymo Pedro Villas Boas, da 1º Vara da Fazenda Pública da cidade, tomou a decisão na sexta-feira.

A advogada Chynthia Barcellos, que defende o casal Liorcino Mendes, 47, e Odílio Torres, 23, disse que também vai entrar hoje com uma reclamação junto ao Tribunal de Justiça de Goiás e ao STF (Supremo Tribunal Federal).

Mendes e Torres firmaram um dos primeiros contratos de união gay do país após o STF reconhecer a união entre pessoas do mesmo sexo como uma entidade familiar.

A defensora disse que entrará com os recursos em parceria com a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Goiás. Barcellos é presidente da Comissão de Direito Homoafetivo da entidade.

A advogada argumentou que o juiz deveria ter se subordinado ao Supremo. Barcellos disse que a decisão dificulta, por exemplo, que um deles seja dependente do plano de saúde do outro.

A corregedoria do TJ goiano informou que reúne documentos sobre o caso e que vai tomar hoje uma decisão a respeito do juiz.

Pocurado por telefone ontem, Villas Boas disse que estava ocupado e não poderia falar. Ele disse à reportagem anteontem que não agiu por discriminação e que tomou a medida porque o STF “ultrapassou os limites”. Ele determinou também que os cartórios de Goiânia não façam o contrato de união entre homossexuais.

O fundador do Grupo Gay da Bahia, Luiz Mott, afirmou que “é fundamental que esse juiz seja severamente punido pelos seus iguais, pois constitui um perigo para a democracia e para a proteção civil dos cidadãos brasileiros”.

Lixeiras seletivas e palestras chegam à escola pública em Jaru

Lixeiras seletivas e palestras chegam à escola pública em Jaru

O projeto que nasceu em 2009, com o objetivo de conscientizar a comunidade em geral, principalmente ás instituições de ensino sobre a importância da preservação ambiental, ganha espaço nas escolas municipais e estaduais.

Acadêmicos das disciplinas de Ecologia e Gestão Ambiental em cumprimento de trabalho interdisciplinar confeccionaram lixeiras seletivas (com material reciclável). Duas delas foram doadas para a Escola Municipal Nilton de Oliveira Araújo, em Jaru. Na entrega, os alunos  ainda foram orientaram sobre a importância de separar os resíduos que não serão mais utilizados.

Ao todo 06 entidades foram beneficiadas com os trabalhos, sendo 05 em Jaru e 01 em Ouro Preto do Oeste.

Segundo Ivete Prosenewicz, professora da disciplina de Gestão Ambiental, os trabalhos foram realizados de acordo com a necessidade de cada escola contemplada, sendo, lixeiras, pufs, cortinas, pinturas, porta treco entre outros.

A Diretora da escola, Maria Gorete, disse que a iniciativa é importante, pois possibilita a separação, além de conscientizar os adolescentes á não jogar lixo no pátio. “Todos somos responsáveis pelo cuidado ao meio ambiente, por isso é necessário que todos trabalhem juntos”. Destaca.

Os acadêmicos Fábio, David, Tiago, Said, Rafael e Esmael foram orientados pelos professores Judas Tadeu Paes Frei (Ecologia) e Ivete Prosenewicz Spada (Gestão Ambiental) e coordenados por Avenildson Trindade.

Fonte: Rul

DEPUTADO LEBRÃO QUER AUDIÊNCIA PUBLICA EM JUNHO PARA DISCUTIR A PESCA PROFISSIONAL

Para o deputado, a questão da pesca profissional é de grande importância para o estado, com repercussões econômicas e sociais e por isso torna-se necessária a presença do maior número de parlamentares

O deputado Eurípedes Lebrão (PTN) quer reunir em Costa Marques o maior número de deputados, autoridades e representantes de órgãos ligados ao meio ambiente para discutir a proibição da pesca em audiência publica no próximo dia 3 junho. Requerimento neste sentido foi apresentado – e aprovado – na Assembleia Legislativa.

A audiência publica sobre a proibição da pesca profissional estava marcada para o dia 20 deste mês de maio, mas esta data coincidiu com a realização de um evento da União Nacional dos Legislativos (Unale), em que deputados rondonienses foram convidados a participar.

Para o deputado, a questão da pesca profissional é de grande importância para o estado, com repercussões econômicas e sociais e por isso torna-se necessária a presença do maior número de parlamentares.

Benefícios

Lebrão apresentou indicações ao governo do Estado para providenciar benefícios as comunidades de distritos de Porto Velho e Corumbiara.

Para o distrito de Nova Califórnia, o deputado pediu a construção de um muro para dar maior segurança aos alunos e professores da escola estadual Bandeirantes. Outra solicitação foi da construção de uma ponte na linha 02 sobre o Rio Branco que vai permitir a interligação da RO 460 com os distritos de Minas Novas, Rio Pardo e Jacy-Paraná. A ponte, com 70 metros de extensão, vai beneficiar o escoamento da produção e o transporte escolar.

Em Corumbiara, sul de Rondônia, a indicação é no sentido de encascalhamento do Setor Pancadas para facilitar o fluxo de veículos, transporte escolar e o escoamento da produção leiteira.

Fonte: DECOM ALE

MEC publica edital do Enem 2011; entenda as regras do exame

Provas serão realizadas nos dias 22 e 23 de outubro.
Inscrições poderão ser feitas a partir desta segunda-feira (23).

O Ministério da Educação publicou nesta quinta-feira (19) no “Diário Oficial da União” o edital com as regras do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2011). O exame será realizado nos dias 22 e 23 de outubro. As inscrições serão abertas às 10h desta segunda-feira (23) e poderão ser feitas até as 23h59 do dia 10 de junho. A taxa de inscrição é de R$ 35. O Enem é utilizado por muitas universidades públicas para o acesso ao ensino superior.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisa Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão vinculado ao MEC responsável pela organização do Enem, espera um total de 6 milhões de inscritos nesta edição do exame. O Inep já marcou outro Enem para o primeiro semestre do ano que vem, nos dias 28 e 29 de abril de 2012. O G1 mostra abaixo alguns pontos importantes que os estudantes que vão fazer o Enem devem estar atentos, indicados no edital do exame:

Inscrição
As inscrições para o Enem serão abertas às 10h desta segunda-feira (23) e poderão ser feitas até as 23h59 do dia 10 de junho no site do Enem. O valor da taxa de inscrição será de R$ 35. No ato de inscrição é emitida uma guia para ser paga em uma agência bancária até o dia 10 de junho. A isenção do pagamento da taxa pode ser feita por meio do sistema de inscrição e é conferida ao aluno que vai concluir o ensino médio em 2011 em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar, ou a estudantes que eclarar ser membro de família de baixa renda ou estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Para isso, deverá apresentar documentos que comprovem sua condição. Os documentos serão analisados pelo Inep que poderá negar a isenção.

No ato de inscrição, o candidato deve fornecer o número de Cadastro de Pessoa Física (CPF) e o seu número do documento de identidade (RG). Estudantes com necessidades especiais deverão informar no ato da inscrição sua situação. Quem for usar o Enem para obter a certificação de conclusão do ensino médio deverá infdicar uma das instituições certificadoras que estará autorizada a receber seus dados cadastrais e resultados.

O edital indica ainda que cabe ao candidato verificar se a inscrição foi concluída com sucesso. O candidato deverá guardar número da inscrição e a senha. Elas são indispensáveis para todo o processo do Enem, como inscrição, realização da prova, obtenção dos resultados e participação no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que seleciona os alunos melhores classificados no Enem para vagas em universidades públicas cadastradas. Também será usados nos programas de bolsa de estudos (ProUni) e de financiamento estudantil (Fies), entre outros programas do Ministério da Educação. O Comprovante da Inscrição estará disponível no endereço eletrônico do Enem.

Candidatos entram para fazer o Enem em 2010 em São Paulo (Foto: Daigo Oliva/G1)Candidatos entram para fazer o Enem em 2010
em São Paulo 

O Enem será realizado nos dias 22 e 23 de outubro. O exame tem quatro provas objetivas, cada uma com 45 questões de múltipla escolha e uma redação. As provas vão tratar de quatro áreas de conhecimento do ensino médio:

- ciências humanas e suas tecnologias: história, geografia, filosofia e sociologia;

- ciências da natureza e suas tecnologias: química, física e biologia;

- Linguagens, códigos e suas tecnologias e redação: língua portuguesa, literatura, língua estrangeira (inglês ou espanhol), artes, educação física e tecnologias da informação e comunicação;

- Matemática e suas tecnologias: matemática.

Para a realização das provas o candidato deverá usar somente caneta com tinta esferográfica preta.

As provas terão início às 13h. No dia 22 de outubro serão realizadas as provas de Ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias. No dia 23 serão realizadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Matemática e suas Tecnologias. As provas terão 5h30 de duração. O candidato só pode entregar o gabarito e deixar a sala após duas horas de prova.

O Inep recomenda que os candidatos cheguem no local de prova ao meio-dia (horário de Brasília). É obrigatória a apresentação de documento de identificação original com foto para a realização das provas. Quem não tiver o documento deverá apresentar Boletim de Ocorrência emitido há no máximo 90 dias da data da prova e se submeter a uma identificação especial e preenchimento de formulário proóprio.

Você deverá conferir os dados antes de iniciar a prova
Antes de iniciar as provas, de acordo com o edital, o candidato deverá verificar se o seu caderno de questões contém a quantidade de questões indicadas no seu cartão-resposta e contém qualquer defeito gráfico que impossibilite a resposta às questões. O estudante deverá ler e conferir todas as informações registradas no caderno de questões, no cartão-resposta, na folha de redação, na lista de
presença e demais documentos do exame. E notar alguma coisa errada, o candidato deverá imediatamente comunicar ao aplicador de sua sala para que ele tome as providências cabíveis no momento da aplicação da prova.

Segundo o edital, a capa do caderno de questões possui informações sobre a cor do mesmo e uma frase em destaque, e caberá obrigatoriamente ao candidato marcar nos cartões-resposta, a opção correspondente à cor da capa do caderno de questões; transcrever nos cartões-resposta a frase apresentada na capa de seu caderno de questões. As respostas das provas objetivas e o texto da redação do deverão ser transcritos, com caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente, nos respectivos cartões-resposta e folha de redação, que deverão ser entregues ao aplicador ao terminar o exame.

O que não pode
O edital proíbe ao candidato, sob pena de eliminação, falar com outros candidatos, usar lápis, lapiseira, borracha, livros, manuais, impressos, anotações, óculos esculros, calculadora, agendas eletrônicas, celulares, smartphones, tablets, ipod, gravadores, pen drive, mp3 ou similar, relógio ou qualquer receptor ou transmissor de dados e mensagens.

A redação
A redação do Enem é corrigida por dois corretores de forma independente, sem que um conheça a nota atribuída pelo outro. A nota final corresponde à média aritmética simples das notas atribuídas pelos dois corretores. Caso haja discrepância de 300 pontos ou mais na nota atribuída pelos corretores (em uma escala de 0 a 1000), a redação passará por uma terceira correção, realizada por um supervisor.

A nota atribuída pelo supervisor substitui a nota dos demais corretores. De acordo com o edital, o Inep considera que a metodologia empregada na correção das redações contempla recurso de ofício.

Será atribuída nota zero à redação: que não atender a proposta solicitada ou que possua outra estrutura textual que não seja a do tipo dissertativo-argumentativo; sem texto escrito na folha de redação, que será considerada “em branco”; com até sete linhas, qualquer que seja o conteúdo, que configurará “texto insuficiente”; Linhas com cópia dos textos motivadores apresentados no caderno de questões serão desconsideradas para efeito de correção e de contagem do mínimo de linhas; com impropérios, desenhos e outras formas propositais de anulação, que será considerada “anulada”.

Os resultados
Os gabaritos das provas objetivas serão divulgados na página do Inep até o terceiro dia útil seguinte ao de realização das últimas provas. Os candidatos poderão acessar os resultados individuais do Enem 2011, em data a ser posteriormente divulgada, mediante inserção do número de inscrição e senha ou CPF e senha no endereço eletrônicohttp://sistemasenem2.inep.gov.br/resultadosenem.

O Inep diz que a utilização dos resultados individuais do Enem para fins de certificação, seleção, classificação ou premiação não é de responsabilidade do Inep, mas das entidades às quais os dados serão informados pelo candidato.

O Inep não fornecerá atestados, certificados ou certidões relativas à classificação ou nota dos candidatos. De acordo com a portaria publicada no ‘Diário Oficial’, a inscrição do participante implica a aceitação das disposições, diretrizes e procedimentos para a edição do Enem contidas no edital. Para os adultos submetidos a penas privativas de liberdade e adolescentes sob medidas socioeducativas, que incluam privação de liberdade, haverá um edital para o processo de inscrição específico.

IFRO publica edital para mais 1.200 vagas no Ensino a Distância nesta segunda-feira

A partir desta segunda-feira (16) estarão abertas as inscrições para o Processo Seletivo 2011/2 em Educação a Distância do IFRO (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia). São ofertadas 1.200 vagas para os Cursos Técnicos Presenciais Virtuais, na Modalidade Subsequente ao Ensino Médio em Meio Ambiente, Segurança do Trabalho, Eventos, Reabilitação de Dependentes Químicos e Logística.

O Edital nº 12 foi publicado neste dia 13 de maio no site da Instituição, abrindo vagas para os polos Ariquemes, Cacoal, Colorado do Oeste, Ji-Paraná, Guajará-Mirim, Porto Velho e Vilhena. O período de inscrição se encerra no dia 27 de maio e a taxa de inscrição é de R$ 35.

Segundo a Pró-Reitora de Ensino, Mércia Gomes Bessa Coelho, essa primeira seleção para o sistema de ensino a distância representa um momento especial, pois “sintetiza meses de trabalho e anos de planejamento árduo que se traduzem no início oficial das atividades de EAD do IFRO, com oferta pública de vagas para a comunidade”. Falando sobre a parceria com o IFPR (Instituto Federal do Paraná), ela diz que a expectativa é chegar nos próximos processos seletivos a mais de duas mil vagas ofertadas.

“Com esse Processo Seletivo em EAD, o IFRO pretende cumprir as políticas públicas de acesso e permanência ao ensino de qualidade e gratuito em todo o Estado”. A Pró-Reitora também lembra que com essa nova seleção o número de alunos chegará neste segundo semestre a cerca de 4.500 alunos, em menos de três anos de funcionamento da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica em Rondônia.

“A política de Educação a Distância do IFRO considera o aporte educacional que as tecnologias oferecem como essenciais para alcançar e atender cidadãos nas diversas regiões e situações encontradas em Rondônia, estado amazônico com peculiaridades histórico-geográficas e sócio-econômicas, em que o atraso educacional devido às mazelas históricas das políticas públicas e à dificuldade de acesso sintetizaram uma região carente e desprovida de ensino público de qualidade, quando se comparada com outras regiões do País”, conclui Mércia.

Mais informações no site www.ifro.edu.br.

Serviço
O que – Abertura de 1.200 vagas para o Processo Seletivo 2011/2 em Educação a Distância do IFRO
Quando – De 16 a 27 de maio de 2011
Onde – Campi Ariquemes, Cacoal, Colorado do Oeste, Ji-Paraná, Porto Velho e Vilhena e  Polo Guajará-Mirim

Fonte : IFRO   

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 161 outros seguidores