PEQUENOS TRAFICANTES: Crianças são flagradas em boca de fumo na capital

São meninos e meninas sem perspectivas de bairros carentes, que aliciados por “boqueiros”, vêem o tráfico a saída para uma vida melhor


Um grande número de menores de idade foi apreendido desde o início de julho até ontem, acusados de tráficos de entorpecentes em várias localidades de Porto Velho. São meninos e meninas, na sua maioria adolescentes, recrutados por donos de boca-de-fumo espalhadas pela cidade.

A estratégia dos traficantes em usar menores para a comercialização de drogas já é conhecida da polícia. Além de escapar do crime de tráfico de entorpecentes, usando adolescentes para traficar, os “boqueiros”, os instruem a engolir a droga, que são acondicionadas em porções pequenas, chamadas de parangas, quando abordados pelas guarnições. Quando a droga é apreendida com os menores, os mesmos afirmam se usuários.

Crianças no tráfico – Durantes esta semana, uma grande quantidade de maconha, crack e cocaína foram apreendidas, em duas bocas-de-fumo localizadas no bairro Vista Alegre. No local, a Polícia Militar flagrou vários menores, entre eles meninas, que estavam sendo aliciadas pelo dono da residência, onde funcionava a boca de fumo. Em um dos locais, várias crianças pequenas foram encontradas, supostamente usadas também para o comércio de entorpecente.

Praças usadas para o tráfico – A Polícia Militar também apreendeu durante esta semana, vários meninos e meninas, em duas praças conhecidas da capital, freqüentadas por adolescentes, na maioria usuários de drogas. No local um menor já conhecido da polícia, foi apreendido com um grande quantidade de maconha.

“Muitos destes menores são conhecidos pelas guarnições e já tem passagem pela policia. Eles após passarem pela Delegacia ou um cnetro de menor e voltarem as ruas, são novamente recrutados pelos traficantes. Realmente é um ciclo vicioso que a Polícia Militar tem que combater diariamente”, disse um policial militar que participou das apreensões no Bairro Vista Alegre.

Banca de churrasquinho – Na última quarta-feira, três menores foram apreendidos comercializando crack, cocaína e maconha em uma banca de churrasquinho, localizada na avenida Guaporé, Zona Leste da Cidade. No local foram encontradas cerca de 20 parangas de entorpecentes e uma alta quantia de dinheiro de posse dos adolescentes, também conhecidos da policia por atuarem no tráfico na Zona Leste, sob o comando de boqueiros da região.

Anúncios